CAMPO acompanha embaixador do Japão em visita à Paracatu

O presidente da CAMPO, Emiliano Botelho, junto de seu vice, Mitsuttoshi Akimoto, acompanharam o embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, em um jantar oferecido pela Associação Cultural Esportiva e Recreativa Nipo-Brasileira de Paracatu- MG. O evento marca as comemorações dos 110 anos da imigração japonesa no país. Também estavam presentes o vice-prefeito de Paracatu, Adelson Cunha, e outras autoridades locais.

Comitiva CAMPO com embaixador do Japão em Paracatu 2018                       Comitiva CAMPO com embaixador do Japão em Paracatu 2018

Durante o evento o embaixador destacou o trabalho desenvolvidos pelos imigrantes japoneses naquele município mineiro, fazendo referência especificamente aos trabalhos desenvolvidos pela CAMPO, através do Prodecer na região. “Venho destacar que o Japão e o Brasil são parceiros muito importantes em diversas áreas, principalmente na agricultura. Então, quero aqui fortalecer o vínculo ainda mais, a nossa cooperação e também nossos laços de amizades”, destacou Yamada, que ainda afirmou que estava realizando um sonho ao conhecer Paracatu: “Estou percebendo de perto os bons resultados do Prodecer”.

Em seu discurso, o presidente da CAMPO ressaltou a importância da parceria entre os dois países e que foi esta parceria que possibilitou a fundação da Campo, há 40 anos. Para Emiliano, a cooperação nipo-brasileira “foi uma das coisas mais importantes que aconteceu no século XX, no Brasil”. Segundo ele, até a década de 1980 o país importava 78% dos alimentos e um brasileiro chegava a gastar 48% do seu salário com a cesta básica. O presidente também anunciou os novos trabalhos que a Campo vem desenvolvendo e que está com intenção de iniciar projetos em seis países da África, visando contribuir para a sustentabilidade desses povos e deixando, mais uma vez, a sua marca para na produção de alimentos.

O evento ocorreu no mês de março de 2018, na cidade de Paracatu.

Prodecer

O Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento dos Cerrados – Prodecer um grande propulsor para o desenvolvimento da agricultura tropical sustentável e deu início a expansão da fronteira agrícola brasileira, colocando estados do centro-oeste e nordeste entre os maiores produtores de grãos e, por consequência, alavancando o desenvolvimento econômico e social para essas populações.

Josiane Canterle, com informações do Jornal da Cidade, de Paracatu-MG